O adeus a João Geraldo Coser, o Geda

GEDA, de 59 anos, sofreu um infarto no último sábado e faleceu em sua residência.

 

Faleceu na noite do último sábado, 09, o bioquímico veneciano João Geraldo Coser, 59 anos, o Geda (proprietário do Laboratório Coser, localizado no Centro da cidade). Ele sofreu um infarto em sua residência e morreu.

Geda estava dormindo quando seus familiares perceberam que ele estava demorando muito para acordar. Ao verificarem se havia alguma situação extraordinária, constataram que ele havia falecido.

Geda era um profissional respeitado, e há décadas estava à frente dos trabalhos do seu laboratório.

Pessoa muito querida no município de Nova Venécia, e um apaixonado pela cidade, ele criou, no Facebook, o grupo “Nova Venécia – História, Memória e Imagem”, ao qual se dedicou nos últimos anos.

Com o grupo, ele e alguns amigos vinham promovendo o resgate da memória e da identidade veneciana. Para isso, fazia uma mobilização constante na busca de reunir imagens que contam a história do município.

Desde que foi criado, o grupo se tornou uma referência para Nova Venécia. Ali tem sido possível rememorar, conhecer as raízes e as origens da história veneciana.

Na manhã de sábado, Geda postou uma mensagem em sua rede social sobre os 34 anos de casamento que ele celebrou naquele dia com a esposa Penha:

“34 anos de casamento – Bodas de Oliveira. Quando é transformada em azeite, ela mostra ao casal que O MELHOR de ambos sempre será usado para temperar o amor de um pelo outro. Obrigado por temperar nossa jornada com tanto zelo. TE AMO, MINHA ESPOSA. Nosso melhor presente já ganhamos.”

O corpo do bioquímico foi velado na Capela Mortuária de Nova Venécia, e o sepultamento aconteceu no fim da tarde de domingo, no Cemitério São Marcos, no Bairro Municipal.
Geda deixou a esposa e um filho.

Logo que sua morte foi divulgada, as redes sociais foram inundadas de mensagens de amigos e admiradores.

Ironicamente, foi no grupo criado por ele, onde foram publicadas centenas de mensagens de condolências. O Correio9 destacou algumas destas mensagens, que você confere no quadro ao lado:


“É… meu irmão, amigo e colega de turma. Por várias vezes estive aqui fazendo esse papel, quando você estava muito atarefado e me pedia ajuda, para que essa página não ficasse vaga por um dia. Vimos por muito tempo esse trabalho tão significante e aplausível que você se dedicava neste face para agradar a todos. E hoje, infelizmente estou aqui com o coração dilacerado pela sua perca e ter que colocar aqui nossos sentimentos pela sua ida daqui do nosso convívio”.
Giselda Altoé Pandini


“Geda, meu amigo e irmão, estou sem palavras para externar meus sentimentos, mas, acredite, você jamais deixará de fazer parte dos meus dias. Deus precisou de você para agregar novos amigos e formar uma nova página no Seu Reino. Desejo muita força para seus familiares e que você receba um conforto maravilhoso que merece aí no Céu. Obrigado meu amigo, por tantas alegrias e momentos que tivemos juntos. Espero poder te reencontrar neste Paraíso que tanto faz jus. Deus te abençoe e dê muita força aos seus familiares e amigos. Fique em Paz! Fique com Deus!”.
Wander Ladeira


“Muita paz para todos os familiares, e que apesar da dor da perda, o sofrimento será aliviado com o tempo e, depois, restará a saudade. Neste momento de profunda tristeza, de luto e sofrimento, entrega a tua vida ao Senhor, Ele te sustentará e guiará através das trevas para que não percas a fé e para que tu reencontres a luz. Ama a Deus sobre todas as coisas, confia Nele”.
Lenice C. Westphol


O colunista Bento Emerenciano, de São Mateus, escreveu: “Acho que é o momento de pensarmos e entendermos que a morte é mais uma passagem, um ingresso para uma nova existência. Nosso corpo foi feito com prazo de validade para não corrermos o risco de passar do tempo necessário para aprendermos o que precisamos aprender. Sei que neste momento, as melhores palavras seriam “meus pêsames”, contudo, precisamos entender que determinadas situações são inevitáveis… João Geraldo Coser, Geda, vai deixar saudades! O seu trabalho, neste grupo, em prol a Nova Venécia foi com maestria. Muito me ajudou na construção do grupo “Nós, Mateenses da Gema”, e em nome de todos os membros do grupo de São Mateus deixo aqui registrada a nossa tristeza com este falecimento tão prematuro. DESCANSE EM PAZ, NOS BRAÇOS DO PAI QUERIDO GEDA!
#GrupoNosMateensesDaGemaDeLuto


“Meus sentimentos a todos os familiares. Grande pessoa, muito querida por todos. Minha irmã era colega de profissão e amiga do Geda. Deus conforte principalmente Esposa e Filho”.
Clovis Ferreira Gomes


“É difícil aceitar a partida do Geda. Sempre tão presente em nossas vidas com suas postagens diárias de mensagens otimistas, positivas e de fé. Um grande e amado amigo. Vai em paz, querido Geda! Deus tem os seus propósitos. Você será lembrado com muito carinho e admiração. Que o Senhor conforte o coração de todos, familiares e amigos, nesse momento de dor”.
Lia Marcia Salvador


“Geda, felizes são os que vêm a este mundo e partem deixando boas lembranças, família linda e tantos amigos. A vida não acaba aqui. Sua nova jornada está, apenas, começando, que o Senhor Deus te receba de braços abertos. Sua missão aqui foi cumprida com êxito. Vá com Deus e proteja cada um de nós que aqui ficamos”.
Maria Luiza Magalhães de Souza


NO MESMO DIA em que morreu, Geda postou estas imagens em sua rede social e uma homenagem aos 34 anos de casamento com a sua esposa Penha: “34 anos de casamento – Bodas de Oliveira. Quando é transformada em azeite, ela mostra ao casal que O MELHOR de ambos sempre será usado para temperar o amor de um pelo outro. Obrigado por temperar nossa jornada com tanto zelo. TE AMO, MINHA ESPOSA. Nosso melhor presente já ganhamos.”

1 COMENTÁRIO

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here