Lei da Agroindústria Artesanal é destaque na abertura do Festival Fermentar de Queijos Artesanais em Brasília

A produção artesanal das agroindústrias ganha cada vez mais espaço na pauta nacional. E neste ano, uma das mais importantes vitrines do queijo brasileiro, o Festival Fermentar do Queijo Artesanal tem como destaque uma conferência sobre a Lei 13.680/18, de autoria do deputado federal Evair de Melo (PP-ES), que trata da desburocratização da produção e da venda de queijos artesanais e embutidos de origem animal. O debate será realizado na sede da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), em Brasília, no primeiro dia do Festival organizado pela SerTãoBras e pelo Teta Cheese Bar, que vai de 24 a 27 de agosto.

A Lei da Agroindústria Artesanal será apresentada em uma Mesa Redonda com a presença de especialistas técnicos que vão abordar as mudanças a partir da adoção do novo selo ARTE. O selo será utilizado para classificar esses produtos, que poderão ser vendidos em todo o território nacional sob a fiscalização dos órgãos estaduais.

Vice-presidente da Comissão de Agricultura da Câmara e coordenador da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), Evair destacou o “redescobrimento” do país no âmbito rural e que os queijos artesanais serão a porta de entrada para uma revolução no Brasil. “Após inúmeros debates com o Ministério da Saúde, com a Anvisa, o Sebrae e diversos outros protagonistas, a nossa Lei das Agroindústrias Artesanais finalmente quebrou com a espinha da burocracia. A mudança que o Brasil tanto precisa e merece vai acontecer, com toda a certeza, a partir do trabalho dos nossos produtores, além da cultura, dos sabores e tradição dos nossos queijos e embutidos artesanais”.

 

Agroindústrias

Pensando nos produtos da nossa tradição como o socol, as linguiças e os queijos, Evair apresentou em seu primeiro ano de mandato o projeto PL 3859/2015, aprovado por unanimidade nos Plenários da Câmara e do Senado, onde o projeto recebeu a nomenclatura PLC 16/2018, com a sanção presidencial foi transformado na Lei 13.680/18.

A Lei define o produto artesanal como aquele produzido por meio de métodos tradicionais ou regionais próprios, respeitando as boas práticas sanitárias. Os produtos serão identificados em todo o Brasil com um selo específico com a inscrição ARTE e estarão sujeitos à fiscalização de órgãos ligados à saúde pública dos estados e do Distrito Federal.

O parlamentar capixaba é defensor atuante da desburocratização dos processos das agroindústrias artesanais. Evair foi secretário de Agricultura do município de Venda Nova do Imigrante/ES, presidente do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) e do Conselho Nacional das Entidades Estaduais de Pesquisa Agropecuária (Consepa), onde também trabalhou na defesa dos produtos e produtores artesanais.

 

O Evento

O Festival Fermentar de Queijo Artesanal incentiva o trabalho dos produtores, oferecendo ferramentas técnicas, informações e transmitindo conhecimentos sobre o setor para que o mercado de queijos artesanais possa ser cada vez mais impulsionado no Brasil. O evento conta também com a realização de minicursos, mesas redondas, degustações e com uma feira de produtores.

 

Confira a programação:

24/8 – Sexta Feira

Debate sobre a Lei 13.680/18

Local: Na Sala do Conselho da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA)

Horário: das 9h às 17h

Entrada Gratuita

25 e 26/8 – Sábado e Domingo

8h – 17h Curso de Cura com Hervé Mons, especialista em maturação de queijos da França, e Débora Pereira, diretora da SerTãoBras e mestra queijeira da Guilde Internationale des Fromagers (França), no Sebrae Lab, na Granja do Torto, em Brasília.

Valor: R$1250,00

26/8 – Domingo

19h – 22h – Curso de Análise Sensorial e Degustação de 6 queijos brasileiros e franceses e bebidas. Com Hervé Mons e Débora Pereira no Teta Cheese Bar, em Brasília.

Valor: R$ 350,00

27/8 – Segunda Feira

Saída de Brasília às 7h – Curso de fabricação com Hervé Mons e Débora Pereira, na fazenda Vale do Roncador, na Cidade Ocidental, a 45 minutos de Brasília

Valor: R$ 620,00 (almoço e transporte está incluído)

 

Feira de Produtores

24 e 25/08, à partir de 17h, no Teta Cheese Bar.

Entrada Gratuita.

 

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.