Lei da Agroindústria Artesanal é destaque na abertura do Festival Fermentar de Queijos Artesanais em Brasília

A produção artesanal das agroindústrias ganha cada vez mais espaço na pauta nacional. E neste ano, uma das mais importantes vitrines do queijo brasileiro, o Festival Fermentar do Queijo Artesanal tem como destaque uma conferência sobre a Lei 13.680/18, de autoria do deputado federal Evair de Melo (PP-ES), que trata da desburocratização da produção e da venda de queijos artesanais e embutidos de origem animal. O debate será realizado na sede da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), em Brasília, no primeiro dia do Festival organizado pela SerTãoBras e pelo Teta Cheese Bar, que vai de 24 a 27 de agosto.

A Lei da Agroindústria Artesanal será apresentada em uma Mesa Redonda com a presença de especialistas técnicos que vão abordar as mudanças a partir da adoção do novo selo ARTE. O selo será utilizado para classificar esses produtos, que poderão ser vendidos em todo o território nacional sob a fiscalização dos órgãos estaduais.

Vice-presidente da Comissão de Agricultura da Câmara e coordenador da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), Evair destacou o “redescobrimento” do país no âmbito rural e que os queijos artesanais serão a porta de entrada para uma revolução no Brasil. “Após inúmeros debates com o Ministério da Saúde, com a Anvisa, o Sebrae e diversos outros protagonistas, a nossa Lei das Agroindústrias Artesanais finalmente quebrou com a espinha da burocracia. A mudança que o Brasil tanto precisa e merece vai acontecer, com toda a certeza, a partir do trabalho dos nossos produtores, além da cultura, dos sabores e tradição dos nossos queijos e embutidos artesanais”.

 

Agroindústrias

Pensando nos produtos da nossa tradição como o socol, as linguiças e os queijos, Evair apresentou em seu primeiro ano de mandato o projeto PL 3859/2015, aprovado por unanimidade nos Plenários da Câmara e do Senado, onde o projeto recebeu a nomenclatura PLC 16/2018, com a sanção presidencial foi transformado na Lei 13.680/18.

A Lei define o produto artesanal como aquele produzido por meio de métodos tradicionais ou regionais próprios, respeitando as boas práticas sanitárias. Os produtos serão identificados em todo o Brasil com um selo específico com a inscrição ARTE e estarão sujeitos à fiscalização de órgãos ligados à saúde pública dos estados e do Distrito Federal.

O parlamentar capixaba é defensor atuante da desburocratização dos processos das agroindústrias artesanais. Evair foi secretário de Agricultura do município de Venda Nova do Imigrante/ES, presidente do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) e do Conselho Nacional das Entidades Estaduais de Pesquisa Agropecuária (Consepa), onde também trabalhou na defesa dos produtos e produtores artesanais.

 

O Evento

O Festival Fermentar de Queijo Artesanal incentiva o trabalho dos produtores, oferecendo ferramentas técnicas, informações e transmitindo conhecimentos sobre o setor para que o mercado de queijos artesanais possa ser cada vez mais impulsionado no Brasil. O evento conta também com a realização de minicursos, mesas redondas, degustações e com uma feira de produtores.

 

Confira a programação:

24/8 – Sexta Feira

Debate sobre a Lei 13.680/18

Local: Na Sala do Conselho da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA)

Horário: das 9h às 17h

Entrada Gratuita

25 e 26/8 – Sábado e Domingo

8h – 17h Curso de Cura com Hervé Mons, especialista em maturação de queijos da França, e Débora Pereira, diretora da SerTãoBras e mestra queijeira da Guilde Internationale des Fromagers (França), no Sebrae Lab, na Granja do Torto, em Brasília.

Valor: R$1250,00

26/8 – Domingo

19h – 22h – Curso de Análise Sensorial e Degustação de 6 queijos brasileiros e franceses e bebidas. Com Hervé Mons e Débora Pereira no Teta Cheese Bar, em Brasília.

Valor: R$ 350,00

27/8 – Segunda Feira

Saída de Brasília às 7h – Curso de fabricação com Hervé Mons e Débora Pereira, na fazenda Vale do Roncador, na Cidade Ocidental, a 45 minutos de Brasília

Valor: R$ 620,00 (almoço e transporte está incluído)

 

Feira de Produtores

24 e 25/08, à partir de 17h, no Teta Cheese Bar.

Entrada Gratuita.

 

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here