Trabalho de estudante de Vila Pavão conquista 1º lugar no estado no Projeto Vamos Cuidar do Brasil

CLÉO, terceira, da esquerda para a direita, vai representar o Espírito Santo na etapa nacional da Conferência.

 

O trabalho da estudante Cléo Bernardina Seidel Vignati, do 9º ano da EMEF Esther da Costa Santos, de Vila Pavão, sobre um jardim flutuante, no Córrego Bela Aurora, conquistou o 1º lugar no Estado no Projeto Vamos Cuidar do Brasil (Cuidando das Águas). Outros dois projetos de alunos do CMEA Agostinho Batista Veloso e CEIER também foram selecionados. Em todo o Estado do Espírito Santo foram selecionados apenas 44 projetos.

Por ter conquistado o 1º lugar no Estado, a estudante Cléo Bernardina Seidel Vignati será a representante capixaba na etapa nacional da V Conferência Nacional Infantojuvenil pelo Meio Ambiente, que será realizada no período de 15 a 19 de junho na cidade de São Paulo.

O resultado classificatório do projeto foi anunciado ontem no município de Viana. Nesta quarta-feira (13), a aluna Cléo Bernadina embarcou para São Paulo, acompanhada pela professora Clécia Buge para representar o Espírito Santo na Conferência.

A conferência

A V Conferência Nacional Infantojuvenil pelo Meio Ambiente tem como objetivo fortalecer a educação ambiental nos sistemas de ensino, propiciando atitude responsável e comprometida, da comunidade escolar, com as questões socioambientais locais e globais com ênfase na participação social e nos processos de melhoria da relação ensino-aprendizagem, em uma visão de educação para a diversidade, inclusiva e integral.

A conferência é o encontro nacional das delegações estaduais para a realização de oficinas, atividades culturais e diálogos sobre o tema “Água”, a partir dos projetos de ação selecionados nas etapas Estaduais e Distrital.

Serão, aproximadamente, 460 delegados e delegadas – de todo o país – entre 11 e 14 anos, que já debateram o tema em suas escolas, nas Conferências Municipais e ou Regionais e nas Conferências Estaduais. Na Conferência Nacional, esses jovens irão aprofundar a temática, socializar os projetos e participar de oficinas.

COMPARTILHE

COMENTE