Socol de Venda Nova do Imigrante recebe certificado de indicação geográfica

Mais uma vitória histórica da agroindústria artesanal. O Socol de Venda Nova do Imigrante recebeu do Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (INPI) o Certificado de Indicação Geográfica. A indicação inclui as regiões de Alto Bananeiras, Bananeiras, Lavrinhas, Sede, Tapera, Alto Tapera, Santo Antônio da Serra e Providência, localizadas ao nordeste do Município.

Autor do Projeto de Lei das Agroindústrias Artesanais, o deputado federal Evair de Melo (PP-ES) celebra o reconhecimento dado ao Socol e a Venda Nova do Imigrante. Evair lembra daqueles que contribuíram nesse processo de certificação, destacando, especialmente, o gesto de Ednes José Lorenção que abriu mão da sua patente para que o socol deixasse de ser marca para virar nome de produto, genuinamente capixaba.

“O Socol é um produto que conserva valores da tradição e da cultura capixaba, além de ter um sabor diferenciado e de qualidade. Pioneira no agroturismo, esse reconhecimento faz com que Venda Nova do Imigrante se firme em sua posição de destaque no mapa do turismo brasileiro. A nossa expectativa é que com a nosso projeto de Lei das Agroindústrias Artesanais, que aguarda a sanção presidencial, possamos estimular cada vez mais o surgimento de produtos com processos certificados e o reconhecimento da qualidade e da tradição em todo o Brasil”, frisou o parlamentar.

 

Tradição

O Socol é um alimento embutido feito a partir do lombo suíno, envolvido por um revestimento de carne bovina ou suína, temperado com sal, alho, pimenta-do-reino e, em alguns produtos, até com cravo e canela e consumido em fatias cruas e bem finas.

Sua receita é uma herança viva dos imigrantes italianos, da região do Vêneto, que conservam até hoje o seu modo de preparo e armazenamento. Tem até festa, realizada anualmente no mês de maio em Venda Nova do Imigrante, para celebrar as origens do Socol.

 

Indicação

De acordo com o INPI, a Indicação Geográfica identifica a origem de serviços e produtos quando a localidade tenha se tornado conhecida ou quando o produto carrega alguma característica que remete à sua origem. No Brasil, pode ser concedida em duas modalidades: a indicação de procedência, caso do Socol, aponta o nome do local que se tornou conhecido por determinada produção; e a denominação de origem, que se refere ao local que passou a designar produtos que carregam suas características geográficas.

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.