Seag discute linhas de financiamento para pequenas barragens

PARA o Secretário de Agricultura, Paulo Foletto, é preciso criar meios para que o agricultor possa alavancar o seu desenvolvimento.

 

O Secretário de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), Paulo Foletto, participou, na tarde desta quarta-feira (13), de reunião com representantes do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes), do Banco do Nordeste e com associações, federações e sindicatos que representam os agricultores do Estado.

O principal objetivo do encontro foi o de apresentar as linhas de crédito e financiamento disponíveis aos agricultores para a construção de pequenas barragens em suas propriedades.

Para o Secretário de Agricultura, Paulo Foletto, é preciso criar meios para que o agricultor possa alavancar o seu desenvolvimento.

“Muitos agricultores e associações não sabem que existem linhas de crédito públicas a juros baixos. A ideia é de que a gente estreite essa relação, apresentando uma alternativa para a construção de pequenas barragens”, disse.

Para o diretor de crédito e fomento do Bandes, Everaldo Colodetti, os resultados já são bastante positivos. “Já atendemos mais de 300 produtores, com investimentos de aproximadamente R$ 20 milhões em quatro anos de atuação. É uma taxa muito atrativa do Programa de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), que tem, aproximadamente, 2,5% de juros ao ano, atendendo 42 municípios. As que nós temos feito são barragens de até 5 hectares”, detalhou.

Para o diretor da instituição, é possível desenvolver ainda mais ações no setor. “Com o apoio maior, agora do Governo do Estado coordenado pelo Secretário Paulo Foletto, o nosso objetivo é expandirmos esse trabalho em todo o Estado”, declarou.

A agente de desenvolvimento da Superintendência do Banco do Nordeste, Sônia Lúcia de Oliveira Santos, apresentou outras linhas de crédito disponíveis ao produtor.

“Temos linhas de crédito do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) em 28 municípios na área de atuação da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene). Temos linhas voltadas ao reflorestamento, recuperação de nascentes e de áreas degradadas, o FNE Agro (para aquisição de máquinas, equipamentos e veículos), o FNE Sol (para financiamento de projetos residenciais de geração de energia renovável)”.

Durante a reunião foram discutidos também outros temas, como a Marcha das Margaridas, ação organizada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares (Contag), que acontece a cada quatro anos, em Brasília-DF, a cobrança pelo uso da água, o associativismo, cooperativismo e sindicalismo e também planos de previdência do trabalhador rural.

A reunião contou ainda com representantes de sindicatos rurais de Santa Teresa e Colatina, da Secretaria de Mulheres da Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Estado do Espírito Santo (Fetaes), do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) e da gerência de Desenvolvimento da Seag.

Para obter informações a respeito das linhas de crédito do Bandes, é possível entrar em contato com o Gerente de Relacionamento da instituição, Gabriel Nunes do Santos Júnior, pelo telefone (27) 99884-6988.

Para saber quais os municípios são atendidos pelo Banco do Nordeste, é necessário procurar uma de suas agências, localizadas em Colatina, Nova Venécia, São Mateus, Pinheiros e Linhares. Também é possível obter mais informações pelo telefone (27) 98815-9989.

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here