Ruberci Casagrande, prefeito de Jaguaré, fala sobre política e a administração atual

Veja entrevista com o chefe do Executivo de Jaguaré, um importante município do Norte capixaba.

Prefeito de Jaguaré, Ruberci Casagrande.

Conversamos com o prefeito de Jaguaré, Ruberci Casagrande, onde ele fala do desgaste na sua relação com o prefeito cassado. Fala ainda sobre a real situação que encontrou o município e quais ações que a sua equipe está implantando para enfrentar esta grave crise.

CORREIO9: Prefeito Ruberci, recentemente o Senhor disse em uma entrevista que foi pego de surpresa com o afastamento do Rogerinho. Disse ainda que não conseguia falar com ele já há algum tempo. Isso procede?

RUBERCI: Sim. Desde que fui reeleito vice-prefeito nunca mais consegui sentar com Rogerinho para conversarmos, nunca mais o prefeito afastado atendeu as minhas ligações. Neste período encontrei com ele uma ou duas vezes, por acaso, e cobrei que tínhamos que conversar, mas ele não deu à mínima.

Quando aconteceu o afastamento eu liguei e ele também não me atendeu. Depois mandei recado por aliado dele que queria conversar com ele, porque eu queria ouvir da boca dele o que estava acontecendo e também não me deram a resposta até hoje.

CORREIO9: E como o senhor analisa o afastamento pela Justiça?

RUBERCI: Preciso administrar o município e não posso deixar que siga o rumo que estava seguindo, porque tenho que acreditar que não estava caminhando no rumo certo. Afinal, ele foi afastado por denúncias e pela investigação do Ministério Público e a gente sabe que o Ministério Público é um órgão sério e não iria fazer nada sem ter certeza do que estava fazendo.

Por aí já é possível perceber que não poderia continuar com a mesma forma e nem com as mesmas pessoas que ele governava.

Triste foi eu manter algumas pessoas ligadas a ele que eu acreditava que poderiam acrescentar neste novo jeito que estamos e queremos implantar no nosso município, governando com transparência e honestidade, mas, infelizmente, pudemos perceber que muitas destas pessoas que tiveram a chance de continuar na equipe não querem o melhor para o município e sim visam somente os seus interesses. Por isso estamos substituindo estas pessoas que não demonstraram compromisso com o município por pessoas que querem trabalhar com honestidade.

CORREIO9: Alguns aliados do prefeito afastado tentam descaracterizar sua imagem e sua capacidade de governar. O que o senhor tem a dizer a respeito de todas estas informações nas redes sociais?

RUBERCI: Quem me conhece sabe que sou um sujeito simples e que não tenho facebook e nem outro aplicativo de redes sociais. Digo que a resposta a todas essas calúnias e difamações será dada através do trabalho e dos resultados que certamente alcançaremos com a nossa administração séria e honesta. Quando sentirmos que este ataque ultrapassa o limite da democracia, certamente buscaremos a reparação na Justiça.

Garantimos a todos que o nosso Governo tem rumo e o rumo é fazer para o povo e sobre tudo para os mais desfavorecidos, que são os que mais dependem dos serviços públicos.Não vamos descansar enquanto não provarmos que é possível administrar o nosso município com lisura e respeito ao dinheiro público. Olhem para nossa equipe que vocês irão perceber que todos querem trabalhar corretamente e aquele que não quiser não fica. Peço o apoio da nossa população e garanto que vocês irão se surpreender com os ótimos resultados que iremos alcançar.

CORREIO9: Com relação à Câmara? Como está a sua aproximação?

RUBERCI: São dois poderes independentes e que devem manter o respeito entre si. O Legislativo e o Executivo precisam manter a harmonia. Por isso que na sexta e no sábado seguinte ao acontecimento eu procurei cada vereador, um por um, e solicitei ajuda para governar o município com transparência e visando fazer o melhor possível para o povo. Da nossa parte estamos fazendo. Estamos elaborando projetos e enviando para apreciação e votação na Câmara e tenho certeza absoluta de que os vereadores votarão a favor do município.

CORREIO9: Qual a real situação que o senhor encontrou ao assumir?

RUBERCI: Temos muitos problemas a serem enfrentados imediatamente, para que a situação que já é bastante crítica não piore ainda mais. O município estava parado em diversos setores. As licitações estavam paradas, o que tem aumentado ainda mais as dificuldades. Porém, com orientação do Ministério Público nós estamos fazendo o que é possível em regime de urgência e já estamos preparando novas licitações.

CORREIO9: Prefeito, cite algumas ações que estão sendo realizadas, neste curto período, pelo senhor e pela sua equipe:

RUBERCI: Neste primeiro momento estamos trabalhando para colocar a casa em ordem, levantando todos os contratos e gastos previstos, para não continuarmos no erro que estava sendo cometido. Estamos trabalhando firme para colocarmos as contas do município em dia, porque a coisa não estava mansa não, meus amigos. Juntamente com a equipe estamos encontrando uma saída para sanear as contas e equilibrar nosso município. Ao mesmo tempo estamos elaborando projetos para a captação de recursos e para isso estamos montando uma equipe de captação de recursos para trazermos investimentos para nossa cidade e assim fazermos com que nossa economia se aqueça, possibilitando que a nossa população tenha melhores condições de emprego e renda.

CORREIO9: E quanto às dívidas que os contribuintes têm com a Prefeitura?

RUBERCI: Sim, esta questão também tem nos preocupado muito. Sabemos das dificuldades que nossos munícipes têm enfrentado e estamos fazendo um levantamento do que é possível fazer. Estamos analisando a possibilidade de concedermos incentivos, descontos nas dívidas para que sejam saneadas pelos contribuintes.

Eu vou dar um exemplo: estamos trabalhando duro em um projeto que visa reduzir a tarifa de água e esgoto por um período de tempo. Isso gradativamente começando pela população mais carente. Essas medidas que serão implantadas ao contrário do que possa parecer, não irão provocar uma queda na receita e sim irá aumentá-la. Pois o desconto será em cima da redução da inadimplência. Estaremos enviando este Projeto para a Câmara já na próxima sessão.

Aproveito este momento para convidar a população para nos apoiar na aprovação. Outro projeto que visa a melhoria da nossa receita é a retomada da organização do Condomínio Empresarial. Dei uma missão pesada para o Manoel Bezerra e já temos ótimas perspectivas e muito em breve poderemos anunciar duas importantes surpresas para Jaguaré.

Digo para a nossa população que fique otimista, pois vamos governar para todos e no nosso governo o nosso gabinete estará sempre pronto para atender a todos sem distinção. Não fiquem presos às conversinhas de pessoas que não querem o bem do município ou que estão tentando desestabilizar a nossa administração.

CORREIO9: E sobre a grave crise hídrica? O que está sendo feito?

RUBERCI: Sem dúvida a falta d’água é um grande desafio, mas graças a Deus e aos nossos parceiros já estamos conseguindo atenuá-la. Estamos trabalhando dia e noite porque quando pegamos o governo simplesmente a cidade estava para entrar em um colapso. Aproveitamos a oportunidade para agradecer aos produtores que colocaram parte de suas reservas à disposição do município.

CORREIO9: O senhor disse que sua equipe está reavaliando alguns contratos. Pode citar algum?

RUBERCI: Este levantamento ainda não está concluído, mas podemos citar alguns: revisamos uma licitação para a contratação de árbitros e somente nela conseguiremos economizar mais de R$ 100.000,00. E essa economia não irá diminuir nenhum jogo.

– O transporte escolar melhorou muito, já que a nova empresa colocou ônibus mais novos. Conversamos com o empresário e ele contratou os mesmos motoristas que já estavam trabalhando antes.

– As estradas já estão quase todas prontas, não terminamos devido o bom tempo que o nosso Senhor Deus nos mandou. Assim que o tempo firmar iremos concluir com as estradas vicinais.

– Neste curto período nós concluímos três barragens.

– O atendimento aos produtores também está sendo feito, mesmo com todas as dificuldades que encontramos. Nossas máquinas estão danificadas, estamos sem licitação para comprar peças e pneus.

COMPARTILHE

COMENTE