Pequenas empresas e agricultores familiares conquistam espaço nas compras públicas

A CONSULTORA da Magma Consultoria, Fabrine Schwanz, apresentou o estudo para servidores municipais dos setores administrativo, compras, licitações, saúde e obras.

Um estudo realizado em Nova Venécia pela empresa Magma Consultoria, voltado para o perfil das aquisições municipais, mostra que as políticas públicas desenvolvidas pela Prefeitura foram, e estão sendo, vitais para a evolução de Micro e Pequenas Empresas (MPE) e agricultores familiares, com participação ativa em compras públicas do município.

A partir dos esforços realizados na identificação de fornecedores locais e a construção de estratégias que permitiram ampliar a participação das MPE e produtores rurais, o Poder Executivo vem desenvolvendo essas estratégias com foco na retenção dos recursos no próprio município.

Diante dos incentivos, o estudo mostra que de 2016 para 2018, os recursos retidos dentro do município de Nova Venécia, em relação a compras públicas, saltaram de R$ 20.328.828,38 (44%) para R$ R$ 25.753.029,25 (52%). A evolução mostra que mais empresas venecianas estão ganhando as licitações locais e os recursos que iam para empresas de outras regiões agora ficam mais para empresas de Nova Venécia.

O levantamento aponta ainda que a participação de Micro e Pequenas Empresas subiu de 53% em 2016 para 55% em 2018. Ou seja, os pequenos negócios estão ganhando condições para competir de igual para igual com os grandes empresários.

A agricultura familiar é a principal fornecedora de alimentos básicos para a merenda escolar no município. Em 2016 foram 38%, totalizando repasse financeiro do PNAE no valor de R$ 683.100. Já em 2018, 53% da merenda que foi para a mesa dos estudantes foi proveniente da agricultura familiar, somando R$ 723.588 para fortalecer os pequenos produtores.

Nova Venécia também implementou no mês de setembro de 2018 o programa Vale-Feira. Além de favorecer os servidores, a principal proposta é beneficiar produtores rurais que comercializam nas feiras livres. São cerca de R$ 60 mil mensais repassados aos servidores, que são injetados na agricultura familiar.

Para avançar nesses índices, o município investiu em estratégias para facilitar o acesso dos pequenos empresários e produtores, fortalecendo o poder de compra junto ao governo, favorecendo o fluxo econômico no território local. “A retenção desses recursos girando no próprio município é essencial na promoção do desenvolvimento local e por isso vamos continuar incentivando os pequenos”, diz o prefeito de Nova Venécia, Lubiana Barrigueira.

O estudo foi baseado em informações obtidas do setor de contabilidade da Prefeitura de Nova Venécia.

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here