Para incentivar a cultura da honestidade, Secont tem carrinho de picolé sem vendedor

O CORREGEDOR-GERAL, Helmut D’Auvila, o secretário Edmar Camata, a subsecretária de Transparência, Mirian Porto do Sacramento, e o subsecretário de Controle, Marcelo Antunes, participaram da ação.

 

Disseminar a cultura da honestidade nas pequenas ações do dia a dia, e incentivar a participação efetiva dos cidadãos no combate à corrupção. Esses são os objetivos da ação “Faça o que é certo – Mesmo quando ninguém está olhando”, promovida pela Secretaria de Estado de Controle e Transparência (Secont) na quarta-feira (13), Dia Estadual de Combate à Corrupção.

Durante todo o dia, o cidadão ou servidor que passou pelo hall de entrada do edifício Fabio Ruschi teve acesso a um carrinho cheio de picolés de diversos sabores. Para saborear um, bastava depositar 1 real na urna ao lado do carrinho, e pegar o seu. Não havia vendedor tomando conta do carrinho, nem vigilância para verificar quem estava pagando. O edifício concentra as secretarias de Estado de Controle e Transparência; da Justiça; de Economia e Planejamento; e de Gestão e Recursos Humanos, com grande acesso de pessoas pelo hall de entrada.

A proposta não é testar as pessoas, mas sim estimular a ética e a integridade como valores que devem estar presentes no nosso cotidiano. E provocar uma reflexão sobre a responsabilidade de cada um, e as consequências dos nossos atos para a coletividade. “A confiança nas pessoas tem que ser valorizada. E isso deve ser trabalhado nas ações do dia a dia”, lembra o secretário de Estado de Controle e Transparência, Edmar Camata.

Para Franciany Cândido, servidora da Sejus, a iniciativa é positiva. “Promove a mudança de comportamento, especialmente em relação à honestidade”, destacou Franciany, que, como muitos outros servidores, aproveitou para espantar o calor com um refrescante picolé.

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here