Casos graves de escoliose podem provocar problemas respiratórios e cardíacos

De acordo com especialista, é fundamental que pessoas com essa complicação mantenham os exames dos pulmões e do coração em dia.

CANSAÇO e dor ao realizar atividades simples podem indicar problemas cardíacos e respiratórios decorrentes da escoliose.

Você provavelmente sabe que a escoliose é capaz de causar dores na coluna, na cabeça e até mesmo fadiga. Mas está ciente de que casos graves dessa complicação podem provocar problemas respiratórios e cardíacos?

De acordo com o ortopedista Lourimar Tolêdo, membro da Sociedade Brasileira de Coluna (SBC), desvios na coluna podem fazer com que a caixa torácica e as costelas pressionem os pulmões e o coração, o que dificulta a respiração e atrapalha que o coração bombeie o sangue.

“As complicações respiratórias que ocorrem em decorrência da escoliose têm um impacto muito forte na qualidade de vida das pessoas, pois elas interferem na capacidade de realizar exercícios, de subir escadas, e até mesmo de trabalhar”, explica o ortopedista.

Além disso, conforme o médico, os desvios na coluna estão diretamente relacionados com a dor crônica na coluna, fator debilitante e responsável por altas taxas de adoecimento na população adulta.

Exames em dia

 Segundo Lourimar Tolêdo, é fundamental que pessoas com escoliose, além de frequentarem um ortopedista para fazer o acompanhamento da deformação, também mantenham os exames respiratórios e cardíacos em dia.

Tratamento

 Conforme o médico, existem diversas formas de tratar a escoliose. Entre elas, o uso do colete e de analgésicos, a Reeducação Postural Global (RPG), a cirurgia e a prática de exercícios físicos supervisionados pelo fisioterapeuta ou pelo educador físico. “Também é necessário que a pessoa mantenha uma alimentação saudável”, enfatiza o ortopedista.

“Porém, é importante ressaltar que é fundamental que a pessoa acometida pela escoliose procure um ortopedista, para que ele analise o desvio e recomende a melhor forma de tratar o problema. Decidir por conta própria como resolvê-lo pode agravar o quadro e provocar um efeito dominó no corpo, prejudicando outras partes dele”, esclarece.

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.