Brasileiro morre ao tentar entrar pela terceira vez ilegalmente nos EUA

Tudo o que o brasileiro natural de Minas Gerais Fabrício da Silva Santos mais queria era estar junto com a sua família nos EUA.

Em dezembro de 2016, Fabrício Santos, de 29 anos, tentou entrar nos EUA pela fronteira com o México, na companhia da esposa e do filho de 1 ano de idade. A esposa e a criança entraram, mas Fabrício foi preso e deportado depois de 4 meses de prisão.

Fabrício Santos tentou entrar novamente no começo de abril, mas foi preso novamente e deportado.

Na semana passada, Fabrício Santos tentou a arriscada travessia pela terceira vez. Na terça (02), ele tirou uma foto da quando estava atravessando a fronteira e mandou para o celular da esposa.

Essa seria a última vez que os parentes o veriam com vida. No dia seguinte o corpo do brasileiro foi encontrado na margem do Rio Bravo, no município mexicano de Diaz Ordaz.

Segundo o jornal mexicano “Reporte Tamaulipas,” ao lado do corpo havia uma sacola com seu passaporte, carteira de motorista e um papel com nome da esposa, do pai e da mãe!

Corpo do brasileiro Fabrício Santos encontrado ao lado do Rio Bravo.

Fabrício Santos era mecânico e natural de Guanhães, Minas Gerais. O consulado Brasil já foi avisado e vai ajudar a liberar o corpo no México.

Amigos e familiares pedem ajuda da comunidade brasileira para custear o traslado do corpo para o Brasil. Quem quiser e puder ajudar, veja como no link a baixo:

https://www.gofundme.com/486nce-ato-de-solidariedade

Fonte: Site Barra

COMENTE

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.