Apoio à pena de morte cresce no Brasil, aponta pesquisa Datafolha

 

Em nove anos, o apoio da população brasileira à pena de morte no país saltou 10 pontos percentuais, segundo levantamento do Instituto Datafolha publicado nesta segunda-feira (8).

 

De acordo com a pesquisa, que ouviu 2.765 pessoas em 192 cidades, 57% dos entrevistados se disseram favoráveis à aplicação da pena. Em 2008, 47% tinham a mesma opinião.

 

No recorte por faixa de renda, o apoio à pena de morte é maior entre os brasileiros com renda mensal de até cinco salários mínimos: 58%. Entre os que ganham de cinco a dez salários, a aceitação recua para 51%.

 

Ainda segundo o levantamento, entre as mulheres, o apoio a esse tipo de punição, com 54% de apoio ante 60% dos homens.

 

Já a faixa etária que é mais favorável é a de 25 a 34 anos de idade, em que 61% se disseram favoráveis a aceitar a execução de condenados. Brasileiros acima de 60 anos, por outro lado, são menos propensos à pena de morte, com 52% de apoio.

 

A margem de erro da sondagem é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

COMPARTILHE

COMENTE